Se logger

Se connecter

Bienvenue sur le site

En vous identifiant, nous pourrez devenir rédacteur pour proposer des articles, et discuter dans les forums de Une saison en Guyane…

Identifiant

Mot de passe

Se souvenir de moi

S’enregistrer

Bienvenue sur la zone d’enregistrement du site web de Une saison en Guyane ! si vous êtes déjà inscrit, vous pouvez vous identifier ici. Si vous ne l’êtes pas encore, inscrivez vous et accédez aux forums, et partagez vos découvertes avec nous !

Vous pourrez réagir aux articles, participer au forum. Cela vous permettra aussi de proposer de nouveaux articles, aux brèves et de partagez vos plus belle photos !

Nom obligatoire

Email obligatoire


Uma senha será enviada para seu email.

Mot de passe perdu

Vous ne retrouvez plus votre mot de passe ou votre identifiant de connexion ? Entrez votre adresse email ou votre identifiant…

Mot de passe oublié

Proposer un contenu
 - janeiro 2019
Les articles et actus du magazine ARTIGO
A utilização do guano* das aves marinhas como adubo para a agricultura é conhecida de longa data, sem dúvida desde os períodos pré-colombianos. Esse fertilizante que comportava todos os tipos de matérias provenientes do animal vivo, e principalmente ossadas de animais, era muito utilizado até que um geólogo inglês descobre,...
quinta-feira1 novembro2012
PorTexte de Pierre Rostan Bureau d’études géologiques IDM - Thethys

Por um longo período, o petróleo* enterrado em profundidade sob o oceano parecia inexplorável, principalmente por duas razões: em primeiro lugar, porque as tecnologias existentes não permitiam as perfurações a 2.000m ou 3.000m abaixo do nível do mar, e em seguida porque era difícil considerar que os depósitos poderiam se...
quinta-feira1 novembro2012
PorHadrien Le Texier & Manuel Parizot

  Baikonur. Século XXI. Sete e meia da manha. O sol vermelho como quando se põe se levantou há uma hora. Remy, um francês, e seus companheiros europeus se aprontam para sair de seu hotel, o Sputnik. A Gazela, o pequeno caminhão encarregado de levá-los ao trabalho, está lá. No caminho,...
quinta-feira1 novembro2012
PorEudoxie Jantet

1 novembro 2012 0
Você já deve ter percebido esses mobiles coloridos levitando sobre o Rorota. Mas quem são essas pessoas que, no fim de semana aproveitam a praia suspensos a 300m do chão? Um voo em parapente começa no escritório. Cada piloto tem seus sinais. Se a mangueira do vizinho balança levemente ou se...
quinta-feira1 novembro2012
PorJonas Kill-Nielsen

Entre céu e mar, a 11km ao noroeste de Caiena, um farol sobre o oceano varre o mar com seu feixe luminoso: o farol da Criança Perdida. Do continente, o arco de ancoragem confere à ilhota uma intrigante silhueta. Esse carco foi construído para a fixação de um tangão, uma...
quinta-feira1 novembro2012
Por philb

Em um cenário de tapouilles (pequenos barcos à vela) bem coloridas, em frente ao Mahury, nós embarcamos pela manhã na vedette (tipo de lancha) da reserva natural da ilha do Grand Connétable. Hoje, a maior reserva natural marinha ultramarina nos aguarda. Na época dos navios à vela, essa ilha era a...
terça-feira23 outubro2012
PorAntoine Hauselmann, conservateur de la RN du Grand Connétable

« Eu tive o azar de não pensar como os mais fortes, de não ser da opinião deles, nem às suas ordens, e esse foi o meu crime. » Pierre Vaux, Caiena, 16 de agosto de 1858. Fevereiro de 1848, uma nova revolução estoura em Paris; o rei Louis-Philippe abdica e deixa...
segunda-feira22 outubro2012
In situ Nós fomos ao encontro de Mariana Petry Cabral e João Darcy de Moura Saldanha no local. Os dois arqueólogos do Instituto de Pesquisas científicas e tecnológicas do Amapá (IEPA) estavam em plena campanha de escavações. Ao abrido de uma grande tenda, eles exploravam m um fosso de onde afloravam...
segunda-feira22 outubro2012
A redação

" Montanha coroada é o nome dado pelos Saramacas à essas coisas para as quais é difícil dar uma explicação ". É com essa frase escrita em 1952 que Emile Abonnenc comenta pela primeira vez, a presença enigmática de três desses sítios na Guiana Francesa. Esse termo bastante simbólico transcreve uma...
segunda-feira22 outubro2012
PorMickaël Mestre