Se logger

Se connecter

Bienvenue sur le site

En vous identifiant, nous pourrez devenir rédacteur pour proposer des articles, et discuter dans les forums de Une saison en Guyane…

Identifiant

Mot de passe

Se souvenir de moi

S’enregistrer

Bienvenue sur la zone d’enregistrement du site web de Une saison en Guyane ! si vous êtes déjà inscrit, vous pouvez vous identifier ici. Si vous ne l’êtes pas encore, inscrivez vous et accédez aux forums, et partagez vos découvertes avec nous !

Vous pourrez réagir aux articles, participer au forum. Cela vous permettra aussi de proposer de nouveaux articles, aux brèves et de partagez vos plus belle photos !

Nom obligatoire

Email obligatoire


Uma senha será enviada para seu email.

Mot de passe perdu

Vous ne retrouvez plus votre mot de passe ou votre identifiant de connexion ? Entrez votre adresse email ou votre identifiant…

Mot de passe oublié

Proposer un contenu
Notícias Web Enviar uma notícia
A Guiana Francesa detem um lugar único no imaginário coletivo metropolitano. Território hostil, mas cobiçado, que ameaçou as primeiras tentativas de colonização… Terra de exílio, onde a República sepultou os...
Bem-vindo ao País da terra e da água  No início Kuyuli cria o mundo com os pássaros para povoar o céu, peixes nas águas,  serpentes e os homens em terra...
A seguir, o relato de uma expedição aérea, seguindo os vestígios das primeiras linhas aéreas guianesas, iniciadas por Jean Galmot há quase século. Como na época, nosso voo nos conduzirá...
Uma reserva natural delimita um espaço caracterizado por um patrimônio natural excepcional (ambiente natural, original, território de vida de uma espécie vegetal ou animal rara, presença de sitios geológicos ou...
A Guiana Francesa, terra rude e secreta, é também uma terra fértil da qual brotam fortes personalidades. Entre elas, SUSKY: um piloto de avião, artista, aventureiro, um pensador livre?! A...
A riqueza vegetal da Guiana faz brotar um certo número de novas pessoas interessadas pela botânica. As árvores majestosas fascinam, despertam a curiosidade e constituem um assunto de interesse difuso....
Você já imaginou o que seria a floresta amazônica se o tapir (anta) fosse totalmente erradicado? Como evoluiria essa imensa floresta tropical úmida na ausência desse amável herbívoro ainda desconhecido...
A teledetecção em socorro ao meio-ambiente amazônico O contexto amazônico e a urgência em trabalhar com informações ambientais confiáveis, demandaram a utilização de ferramentas de ponta para a pesquisa científica...
A névoa começa a dar lugar a algumas partes de céu azul. Um belo dia começa sobre a montanha Trésor (Tesouro), que fica à alguns cumes da montanha de Kaw,...
Saül: 100 anos já, ou quase. Um povoado nascido do ouro (que deseja sobreviver a ele). É aqui o coração geográfico da Guiana Francesa, um nó de nascentes de onde...
107mm em 24 horas! É imensa a quantidade de água que o céu derramou sobre Caiena no último dia 17 de janeiro. Isso demonstra que o adjetivo úmido é apropriado...
Artigos Revista Envie um artigo
A redação

A Guiana Francesa detem um lugar único no imaginário coletivo metropolitano. Território hostil, mas cobiçado, que ameaçou as primeiras tentativas de colonização… Terra de exílio, onde a República sepultou os indesejáveis, oponentes de todos os cantos, ao final de uma pavorosa viagem sem volta… Entre...
PorMickaël Mestre et Matthieu Hildebrand (Inrap)

As escavações arqueológicas de Pointe Morne A alguns quilômetros rio acima da cidade de Saint-Georges-do-Oiapoque, as escavações realizadas pelo Instituto nacional de pesquisas arqueológicas preventivas (INRAP), sob a coordenação do Diretório departamental de equipamento (DDE), permitiram colocar em evidência uma sucessão de eventos ligados à...
PorGwenaël Quenette et Hélène Salomon.

« Uma hora após meu nascimento, todo mundo já me chamava de Toutoune ». É lógico! Todo mundo sabe que esse é o feminino de Toto, o diminutivo de Antoine… Isso porque Toutoune – e agora sabemos que ele é uma mulher de personalidade – se...
PorHadrien Le Texier & Manuel Parizot

Por um longo período, o petróleo* enterrado em profundidade sob o oceano parecia inexplorável, principalmente por duas razões: em primeiro lugar, porque as tecnologias existentes não permitiam as perfurações a 2.000m ou 3.000m abaixo do nível do mar, e em seguida porque era difícil considerar...
Fotos dos leitores Enviar uma foto